6772e162d20cda2e48619b4c96ad6ee1.jpg
0723c773908bc7070399cf545868b608.jpg
6c9936791cd398dc2d8d7b9e40b75630.jpg













6772e162d20cda2e48619b4c96ad6ee1.jpg
0723c773908bc7070399cf545868b608.jpg
6c9936791cd398dc2d8d7b9e40b75630.jpg

Água para a Vida

Iniciativa Água e Clima: novos desafios, novas propostas
O programa Água para a Vida, do WWF-Brasil, iniciado em 2001, começa, agora, uma nova fase, em parceria como o Grupo HSBC dentro da iniciativa mundial “HSBC Climate Partnership”, programa ambiental do banco para responder às urgentes ameaças das mudanças climáticas em todo mundo.

No âmbito do WWF-Brasil, inicia-se, este ano, a Iniciativa Água e Clima, que reúne atividades de diversos programas da instituição no alcance das metas propostas ao HSBC dentro da parceria. A Iniciativa Água & Clima pretende atuar na Mitigação das Emissões de Gases de Efeito Estufa e na Adaptação dos Ecossistemas Aquáticos às Mudanças Climáticas, como frentes principais. Como frentes transversais, atuaremos nas áreas de Comunicação, Campanhas e Educação para Sociedades Sustentáveis, e Fomento e Desenvolvimento de Negócios Sustentáveis.
Mitigação

Redução de Gases de Efeito Estufa

• Contribuir para a redução da emissão de gases de efeito estufa causados pelo desmatamento, apoiando o uso sustentável dos recursos florestais brasileiros;
O WWF- Brasil propõe a criação de mecanismos financeiros para a redução do desmatamento, ao mesmo tempo em que medidas de controle e alternativas de manejo sustentável sejam aperfeiçoados pelo Governo Federal.
Assim, Iniciativa Água & Clima propõe:
• Que o Brasil use os mecanismos do Protocolo de Quioto para restrição de desmatamento;
• A criação de mecanismos de redução do desflorestamento e a conseqüente emissão de gases de efeito estufa na Amazônia, incentivando atividades econômicas sustentáveis com recursos florestais;
• O aperfeiçoamento da transparência do Plano Nacional de Combate ao Desmatamento, do Governo Federal, de modo a identificar obstáculos à sua implementação e propor soluções.

Eficiência Energética e Fontes Renováveis

• Contribuir para que o País aumente os investimentos em eficiência energética e no desenvolvimento de fontes renováveis de energia (reduzindo a necessidade de construção de novas barragens).

O que o WWF-Brasil irá fazer:

• Promover, junto aos governos, a eficiência energética e renovável por meio da implementação da Agenda Elétrica Sustentável Brasil 2020, aumentando a segurança energética nacional;

• Colaborar para que o Governo Federal adote medidas e critérios para proteção das Bacias Hidrográficas em função das ameaças impostas pela visão energética vigente, baseada na construção de barragens;

Adaptação

Análises das vulnerabilidades das bacias hidrográficas

• Identificar e mapear as vulnerabilidades das bacias hidrográficas, de forma a subsidiar os tomadores de decisões no sentido de que medidas de resiliência sejam adotadas por meio do uso dos instrumentos de gestão de recursos hídricos.

Para isto, o WWF-Brasil irá:

• Em parceria com atores chaves, desenvolver análises sobre os riscos e vulnerabilidades para conservação e usos da água frente aos impactos das mudanças climáticas.

Governança sobre bacias hidrográficas, planejamento e policies públicas

• Contribuir para que a Política e o Plano Nacional de Recursos Hídricos incorporemm medidas para resiliência de bacias hidrográficas às mudanças climáticas. Também atuará para que as bases institucionais para conservação e gestão de recursos hídricos na Amazônia sejam implementadas.

Como?

• Identificando estratégias de resiliência para a gestão e conservação de água frente às mudanças climáticas, subsidiando tomadores de decisão (Organismos de Bacias Hidrográficas envolvendo os setores de governo, usuários e sociedade civil,) com base em estudos de caso.

Rios de Fluxo Livre

• Contribuir, com informações e estratégias para as políticas públicas de gestão de recursos hídricos junto aos governos e organismos de bacia que, permitam criar mecanismos de adaptação dos ecossistemas aquáticos às mudanças climáticas, bem como a intervenções tais como grandes projetos de infra-estrutura.

Como?

• Contribuindo para a criação de mecanismos que assegurem a integridades dos ecossistemas aquáticos, como o conceito de rios livres que considerem as questões de resiliência.

• Fomentar a criação de áreas prioritárias para conservação de ecossistemas aquáticos (sítios Ramsar / áreas de recarga, etc).

Temas Transversais: Comunicação, Campanhas e Educação para Sociedades Sustentáveis

• Sensibilizar e/ou mobilizar onze milhões de brasileiros, levando informações sobre as ameaças das mudanças climáticas e seus impactos sobre os recursos hídricos, de forma a que a população adote iniciativas no sentido de reduzir estes riscos e estimulando a adoção de novas atitudes e comportamentos de forma a promover hábitos mais sustentáveis e eficientes em relação ao uso dos recursos naturais.